Tags

, , ,

Olá meninas, hoje vim falar de assunto muito importante para vocês, e de algum tempo para cá tem se tornado muito polêmico, os distúrbios alimentares.

Os distúrbios alimentares caracterizam-se por uma grave perturbação do comportamento alimentar. Eles podem ter um início gradual e os sintomas podem permanecer estáveis durante muitos anos, até que chega uma hora que se acumulam até um estado de crise. Essa crise seria quando tudo se acumula e a pessoa tem uma dificuldade intolerável de enfrentar o problema.
Sintomas: agravação dos sintomas físicos, perturbação psicológica, angustia ou alguma combinação dessas áreas do funcionamento.

Anorexia: A pessoa recusa se alimentar, achando que sempre está acima do peso, apesar de em 15% dos casos estarem bem abaixo do considerado adequado para sua idade e altura. Sentem um medo enorme de engordar e sempre se vêem com mais peso do que realmente estão. O distúrbio não diminui conforme o peso, e faz com que a pessoa estabeleça um regime cada vez mais rigoroso.

Bulimia: Se caracteriza por episódios de comer em grande quantidade e para evitar a ganha de peso a pessoa induz o vômito, toma laxante ou diuréticos e pratica exercícios físicos rigorosamente. O ataque é desencadeado por estado de humor negativo, ansiedade e fome intensa. Ele pode proporcionar distração de pensamentos desagradáveis, pode reduzir sentimentos de tédio, solidão e tristeza (sendo uma forma de se dar prazer, mesmo que de curta duração) ou pode proporcionar alívio do rigor e fugir da dieta rígida.

Distúrbio de comer compulsivamente: Se assemelha à Bulimia no que se refere à presença dos ataques, mas se diferencia dela por não apresentar os comportamentos compensatórios. Apesar do grande desconforto gerado por estes ataques, não há uso regular de vômito ou abuso de exercícios, laxantes e diuréticos. Mesmo sem fome, só param de comer quando se sentem desconfortavelmente “empanturrados”. Embora eventualmente façam dieta, em sua maioria apresentam obesidade de moderada à grave

Comportamento Alimentar: o comportamento de comer não atende a uma necessidade fisiológica de se alimentar, mas ocorre em virtude de uma sensação desagradável associada à Ansiedade ou a Depressão, geralmente ele é descrito como um vazio e confundido com a sensação de fome.

Pensamento: apresenta dificuldade em reconhecer sinais de fome e saciedade, pensamentos constantes sobre comida e aparência física são constantes e geram desprazer ou insatisfação com a auto-imagem.

Relações Sociais: apresenta sentimento de rejeição, imagina que está constantemente sendo observado pelas pessoas. Em virtude da grande dificuldade de comunicar sentimentos e pensamentos, não consegue lidar com situações sociais de uma forma satisfatoria. Não sabe administrar críticas, frustrações e desapontamentos e foge dos confrontos e auto- exposição. Isso leva a pessoa a evitar convívio social, ou evitar lugares publicos com muito movimento de pessoas, o que acaba tornando sua vida solitária.

Passa por isso? Conhece alguém assim? Procure um médico, isso é coisa séria.

Beijo s2

 

Anúncios